FOCA BRASIL - Fundação Organizacional de Comunidades Autônomas

divisor

OPINE!


06/02/12 - Marcelo

Alexandre Garcia? Da CIA? Vendilhão da pátria?
Esse é mentiroso, arrogante, elitista etc...
A carta é inventada.
Quer mais?


Caro Marcelo,
Há muitas coisas que antes de publicar peço para minha esposa consultar para validar a informação, principalmente na área da saúde. Sobre essa carta imaginei da possibilidade de ser do tipo dessas que usam o nome de figuras públicas, como Luis Fernando Veríssimo, Arnaldo Jabor e outros; entretanto, desta vez nem fiz questão de fazer essa pesquisa, pois o importante é a ideia que o texto passa. Precisamos refletir sobre como é possível em um País como os EUA – a maior potência mundial, povo rico que compra carro de luxo por R$ 40.000,00 e nós remediados compramos o mesmo carro por R$ 80.000,00.
Você como Consultor e Professor consegue me explicar isso?
Fico imaginando, mesmo eu remediado, com a possibilidade de comprar um carro bom e não abastecê-lo com gasolina batizada de R$ 2,80 o litro.
O propósito é alertar para o conteúdo, não para a autoria do texto.
Obrigado pela manifestação.
Jorge Furtado
FOCABRASIL


03/06/11 - Rachel Trajber

Fiquei radiante quando um amigo, que sabia do meu ódio da Piquet Pneus, me mandou as mensagens da Focabrasil.


Fui uma otária! Caí como um patinho exatamente no mesmo golpe que vocês descrevem. Meu marido estava em São Paulo e não consegui falar com ele enquanto fui achacada pelos caras da Piquet Pneus. Depois do que aconteceu, fiquei noites sem dormir de tão frustrada, angustiada e deprimida.


Ainda estou pagando a 4ª e última parcela de um monte de $ por que eles tiveram a cara de pau de trocar peças inteiras novinhas, alegando que era para a minha segurança. No dia seguinte, enfrentei filas no PROCON, fui à concessionária do meu carro, todos me disseram que, apesar do absurdo, não tinham o que fazer, que eu não era a primeira nem a última a passar por isso.


Não é possível eles continuarem roubando, enganando e arrasando as pessoas desse jeito. Precisaríamos fazer algo para não nos sentir tão impotentes.


01/03/10 - Jorge Furtado

Meu chefe já me dizia: eu não quero saber quanto eu ganho, eu só não quero gastar mais do que eu ganho.


O endividamento muitas das vezes é por contra dos nossos descontroles, porém muitas das vezes é por conta das ciladas que somos submetidos no comércio de uma forma em geral.


Quem ganha pouco já tem todo tipo de dificuldades e ainda se associa as essas a necessidade de comprar a prazo. Às vezes temos de ser mágicos na contabilidade mensal.


Acredito que um País sem corrupção melhoraria as oportunidades e o nível salarial da população.

© 2013 FOCABRASIL - Todos os direitos reservados | Política de Privacidade | Termos de uso